Preso é encontrado morto na penitenciária de Picos com indícios de suicídio

Detento estava no Pavilhão D da penitenciária.

Na noite desta segunda-feira, dia 06, a diretoria da Penitenciária Regional José de Deus Barros foi surpreendida com a morte do preso Reinaldo Lopes e Moura, de 32 anos. O corpo do detendo foi encontrado com indícios de suicídio na cela do Pavilhão D, onde o mesmo cumpria pena desde o mês de janeiro deste ano, acusado de violência doméstica.

Sinval Hipólito, diretor da penitenciária. Foto: Marta Soares
Sinval Hipólito, diretor da penitenciária. Foto: Marta Soares

Segundo o diretor da penitenciária, Sinval Hipólito, a Polícia Civil e o perito criminal estiveram no local até a madrugada para averiguar se de fato trata-se de uma morte provocada pelo próprio detento: “nós o encontramos na cela e ficamos surpresos pois era um preso que já tinha outras passagens pela penitenciária e nunca havia apresentado queixas à direção nem de ameaça dos outros presos, rixa ou depressão”, disse ele.

Reinaldo Lopes de Moura havia deixado a penitenciária de Picos em novembro do ano passado, quando cumpriu sua segunda pena por tráfico de drogas.

Sinval lamentou o fato e ofereceu condolências à família do preso.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA