Secretaria de Agricultura e Abastecimento atende a 90 por cento da zona rural

A Prefeitura de Picos, por intermédio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, garante a manutenção dos poços artesianos da região de Picos com vistas a garantir água aos produtores que integram a área de atuação do município. Segundo José Venâncio, as localidades castigadas pela seca merecem atenção necessária, além de assegurar água às residências.

“Estamos de maneira concentrada em nossas atividades para levar água ao agricultor, ao homem do campo que não tem acesso em suas casas a esse bem fundamental para a vida”, expressa o Secretário de Agricultura picoense José Venâncio.

As localidades que abrangem a área atendida pelo município picoense recebem aparato técnico e visitas da equipe coordenada por José Venâncio. As visitas são realizadas periodicamente nos locais, levando orientações aos agriultores atendidos. São localidades como Chapada do Mocambo, Regência, Angico Torto, OItis, Coronhas, Chapadinha, Samambaia, Morrinhos, Capitão de Campos, Povoado de Fátima, entre outras.

“Nós temos procurado fazer uma abrangência de forma que contemple satisfatoriamente toda área de Picos”, explica.

José Venâncio revela ainda que as atividades da Secretaria de Agricultura e Abastecimento picoense se dividem em vias distintas, onde, segundo o secretário, o desenvolvimento da rede de abastecimento das localidades atendidas pelo programa local se tornou uma meta no que tange à manutenção intensiva dessa rede de abastecimento de água a qual alegra o homem do campo, levando-o vida.

Abastecimento garantido à zona rural

“Onde já existe rede abastecimento a água chega normalmente. Nas comunidades que não tem, nós estamos suprindo com carro-pipa. Locais como Oitis, Curralinho, Angico Torto, Regência, comunidades com difícil acesso à água, estamos focando com mais empenho. Está previsto uma manutenção nos poços mais acentuada na comunidade Boa Fé, nas proximidades do povoado Coroatá e povoado Junco dos Monteiros”, enumera José Venâncio.

o município de Picos possui uma rede de 77 poços os quais abastecem localidades rurais em suas redondezas, o que configura cerca de 90 por cento da população rural inserida no projeto referido. De acordo com José Venâncio, a capilaridade demográfica rural atendida pela secretaria de agricultura picoense é extensa e que, para o secretário,

“onde não chega água estamos levando carro-pipa e fazendo o orçamento para estender a rede de abastecimento de forma que possamos chegar a 100 por cento do abastecimento de água na zona rural  picoense”, ressalta.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA