Adapi proíbe entrada de suínos no Piauí após foco de doença no Ceará

2ecaba0d2afe4d9d4d55b4c6655ead40

A  Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi) proibiu o ingresso de suínos e seus produtos oriundos do Ceará. A proibição ocorre após a confirmação pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) de um foco de peste suína clássica (PSC) no estado vizinho. 

O gerente de Defesa Animal da Adapi, José Idílio, ressalta que a medida visa evitar a introdução do vírus no Piauí e proteger a suinocultura piauiense.

“Essa foi uma determinação do Ministério da Agricultura para salvaguardar a suinocultura e evitar a introdução do vírus no Piauí. Essa recomendação foi para todos os estados do Nordeste que estão pleiteando a zona livre da peste suína clássica”, explica José Idílio.

Ele explica que a proibição não tem prazo definido e vai prevalecer até a erradicação dos focos da peste no Ceará.

“Durante esse período, vamos intensificar as barreiras e ter um maior controle para evitar a entrada de suínos e seus produtos de forma clandestina”, reitera.

O gerente de Defesa Animal da Adapi diz que a medida não terá impacto significativo no mercado piauiense e não há riscos de desasbastecimento de carne suína.

“O Ceará praticamente não abastece o Piauí. Os suínos vivos, geralmente, vêm de Santa Catarina e Paraná que já são áreas livres da peste suína”, finaliza José Idílio.

Também conhecida como cólera suína, a peste é uma doença viral contagiosa que afeta somente suínos domésticos e selvagens, sem riscos à saúde humana e outras espécies animais.

Graciane Sousa/cidadeverde.com

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA